Pesquisar este blog

segunda-feira, 26 de setembro de 2005

Mônada (Nilto Maciel)

Piscina, águas.
Peixes não nadam,
tudam ninfas.
Bosques apenas
nos meus sonhos.
Corpos se agitam
de pudor despidos.
As águas se alegram
de serem relva.
O vento me lembra
que sou mortal,
líquido pensante,
afeito a dores e desejos
de oceano ser
a morada de vida,
o quase tudo.

(1.11.97)
/////